SÃO CARLOS INTEGRA OFICIALMENTE O MAPA DO TURISMO BRASILEIRO

Mapa do Turismo Brasileiro é importante para as cidades alavancarem esta atividade

 São Carlos integra oficialmente o Sismapa 2023 (Sistema de Informações do Mapa do Turismo Brasileiro). O recurso é um instrumento do Programa de Regionalização do Turismo que define a área territorial a ser trabalhada prioritariamente pelo Governo Federal para o desenvolvimento de políticas públicas. 
O trabalho realizado pelo Departamento de Fomento ao Turismo da Secretaria Municipal do Trabalho, Emprego e Renda, é no sentido de regularizar legalmente e capacitar a cidade para que desenvolva suas vocações, no turismo de negócios e eventos. “O Sismapa, somado à reativação do Conselho Municipal de Turismo, COMUNITUR, com a efetiva participação da sociedade, é mais um passo na busca pela classificação da cidade como município de interesse turístico, o MIT”, explicou a secretária de Trabalho, Emprego e Renda, Danielli Favoretto Valenti.
 A inclusão de São Carlos faz parte do trabalho do Departamento de Fomento ao Turismo junto à outras 13 cidades da Serra do Itaqueri, região turística integrada pela capital da tecnologia, para a promoção de ações de promoção regional.

São Carlos no Mapa do Turismo

A importância de se estar no mapa do turismo brasileiro

Estar no mapa do turismo brasileiro é importante para uma cidade por várias razões, que vão desde o desenvolvimento econômico até a promoção do turismo sustentável. Aqui estão algumas das principais razões:

Visibilidade Nacional e Internacional: Fazer parte do mapa do turismo coloca a cidade em destaque tanto para turistas brasileiros quanto estrangeiros. Isso pode atrair visitantes de diferentes partes do país e do mundo, aumentando a visibilidade da cidade como destino turístico.

Desenvolvimento Econômico: O turismo é uma indústria que gera empregos e estimula o crescimento econômico. Uma cidade no mapa do turismo brasileiro pode experimentar um aumento significativo na atividade econômica, com a criação de empregos diretos e indiretos em setores como hospedagem, alimentação, transporte e entretenimento.

Infraestrutura e Investimento: Quando uma cidade está no mapa do turismo, há maior incentivo para investimentos em infraestrutura turística, como a construção e melhoria de hotéis, restaurantes, estradas e atrativos culturais. Isso não só beneficia os visitantes, mas também a população local.

Cultural e Patrimonial: Muitas cidades têm um rico patrimônio cultural e histórico a ser explorado. Estar no mapa do turismo permite que essa riqueza seja preservada e compartilhada com um público mais amplo, promovendo a valorização da cultura local.

Educação e Conscientização: O turismo pode educar as pessoas sobre diferentes culturas, tradições e formas de vida. Uma cidade no mapa do turismo brasileiro pode promover a educação cultural e a conscientização sobre questões locais e globais, incentivando a compreensão e o respeito mútuo.

Promoção do Turismo Sustentável: Fazer parte do mapa do turismo também significa que a cidade deve se comprometer com práticas de turismo sustentável. Isso envolve o cuidado com o meio ambiente, a preservação dos recursos naturais e culturais, e o desenvolvimento de iniciativas que minimizem o impacto negativo do turismo.

Incentivo ao Empreendedorismo: O turismo pode estimular o empreendedorismo local, permitindo que pequenas empresas e empreendedores individuais ofereçam produtos e serviços que atendam às necessidades dos visitantes.

Diversificação da Economia: Dependendo da cidade, o turismo pode representar uma oportunidade de diversificar a economia, reduzindo a dependência de setores específicos e aumentando a resiliência econômica.

Em resumo, estar no mapa do turismo brasileiro é importante porque pode trazer benefícios econômicos, culturais e sociais para uma cidade, ao mesmo tempo em que promove o desenvolvimento sustentável e a valorização de seus recursos naturais e culturais. No entanto, é importante que o crescimento do turismo seja planejado e gerenciado de forma responsável para evitar impactos negativos no meio ambiente e na comunidade local.

Fonte: Chimirri, Renato – “São Carlos integra oficialmente o Mapa do Turismo Brasileiro” – 17/09/2023 – https://saocarlosemrede.com.br

Compartilhe: